Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese .

Corte Seco

No dia 31 de agosto de 1969, em São Paulo, cinco militantes da esquerda armada que lutava contra a ditadura militar, foram presos pela Operação Bandeirantes (OBAN). Nos dias seguintes, eles iriam viver o pesadelo da tortura, experimentando uma semana de puro terror, com os militares, policiais e paramilitares dando vazão ao que existe de pior na capacidade humana de infligir dor e humilhação.

FICHA TÉCNICA


DIREÇÃO E ROTEIRO: Renato Tapajós DIRETORA ASSISTENTE: Marema Valadão PRODUÇÃO EXECUTIVA FILMAGEM: Sérgio Kieling PRODUÇÃO EXECUTIVA FINALIZAÇÃO: Hidalgo Romero PREPARAÇÃO DE ATORES: Marcelo Lazzarato DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Julio Matos DIRETOR DE FOTOGRAFIA: Rodolfo Figueiredo SOM DIRETO: Paulo Seabra e Pedro Sá Earp DIREÇÃO DE ARTE: Juliana Pfeifer PRODUÇÃO DE ARTE / CENOGRAFIA: Carolina Bassi PRODUÇÃO DE OBJETOS: Mariana Atauri FIGURINO: Edison Staffocker e Fernanda Canabarra MAQUIAGEM: Donna Meirelles e Simone Souza MONTAGEM: Pedro Pinho e Renato Tapajós COORDENAÇÃO DE PÓS-PRODUÇÃO: Julio Matos DESENHO DE SOM E MIXAGEM: Edson Secco MÚSICA ORIGINAL: Marcelo Onofri PRODUÇÃO DE FINALIZAÇÃO: Rebeca de Paula PROGRAMAÇÃO VISUAL / ARTE GRÁFICA: Arthur Amaral

ELENCO RODRIGO: Gabriel Miziara ALDO: Alexandre Caetano PABLO: Daves Otani JORGE: Gustavo Valezi CAPITÃO GUIMARÃES: Eduardo Ozório GUIMARÃES 4: IVENS CACILHAS GUIMARÃES 3: Dirceu de Carvalho GUIMARÃES 2: Ton Crivelaro CARECA: Moacir Ferraz CABO: Darko Magalhães PEDRÃO: Jesser de Souza

PRÊMIOS E EXIBIÇÕES


Festival de Cinema Latinoamericano de São Paulo 2014

Cine Direitos Humanos - Ciclo Memória, Verdade e Justiça - Espaço Itaú de Cinema do Shopping Frei Caneca

Festival Cena Cine Campinas 2016

MÍDIA

Matéria na Folha de São Paulo

Crítica na Folha de São Paulo